Escrito por Super User Categoria: Casa de Apoio
Publicado em 23 Agosto 2015 Acessos: 5959
Imprimir

O projeto Fortalecendo Laços Familiares tem a linha de atuação de acordo com a Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente, cujo objetivo é: Identificar e prevenir a ruptura de vínculos familiares através da promoção do fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários contribuindo para a diminuição de crianças e adolescentes em programas de acolhimento institucional, trabalho infantil e com violação dos seus direitos, assegurando o desenvolvimento da autonomia familiar e comunitária.

O projeto da Unidade Acolhimento da Casa de Apoio tem como base as 60 crianças que fazem parte do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, crianças e famílias em vulnerabilidade social, objetivando a qualificação, ampliação, aperfeiçoamento e melhorias das ações, envolvendo a família como um todo, com atendimento direto a 150 pessoas.

As 60 crianças passam o contraturno escolar na instituição, uma parte de manhã e outra à tarde, sendo acompanhadas integralmente, na área de: educação, saúde, lazer, arte, cultura, atendimentos psicológicos e outros.

Pretendemos trabalhar nesse projeto com um olhar diferenciado e levando em consideração o desenvolvimento integral desta pequena e primeira sociedade em que a criança está colocada, para que possa haver garantia de direitos, proteção, desenvolvimento sadio, oportunidades de qualidade, crescimento, aquisição de conhecimentos diversificados, qualificação e encaminhamentos conforme a demanda. Por isso as famílias serão mapeadas para conhecermos a sua situação; será criado um banco de dados para dar direcionamento das ações.

Entre as aquisições e conquistas esperadas pelo projeto estão:

Que as crianças e os adolescentes durante e após participação no Serviço conheçam e acessem os direitos das crianças e adolescentes, socioassistenciais e humanos; desenvolvam-se integralmente; valorizem a diversidade de opiniões e a resolução negociada de conflitos; tenham garantidas e acessem práticas lúdicas, esportivas, cognitivas, de lazer e cultura; expressem-se por meio de brincadeiras e atividades lúdicas, simbolizando as experiências vividas; convivam num ambiente saudável, de respeito e valorização das diversidades étnicas, raciais, religiosas e sexuais; sintam-se acolhidos e integrados; expandam seus universos artísticos e culturais, assim como habilidades, talentos e aptidões; tenham maior conhecimento e capacidade de análise crítica da realidade; sejam protegidos socialmente por suas famílias e comunidades, bem como acessem serviços, programas e equipamentos públicos.

Os recursos cedidos com patrocínio da PETROBRAS para este projeto é de R$ 300.000,00 para dois anos. Este recurso fará diferença direta e indiretamente na família e na comunidade. Espera-se que após o projeto o público beneficiado possa ter sido sensibilizado com a necessidade da garantia dos direitos da criança e do adolescente, e do convívio sóciofamiliar e que aprenda a cuidar e valorizar a si mesmos, sua família, comunidade e aos outros.

 
Escrito por Super User Categoria: Casa de Apoio
Publicado em 23 Agosto 2015 Acessos: 3199
Imprimir

Nossa Diretoria para o biênio 2018 a 2020

DIRETORIA ESTATUTÁRIA:

  • Presidente - Enoque Freitas Gonçalves 
  • vice-presidente - Josenildo Silva Santos  
  • Primeiro Tesoureiro - Helcias Lopes Rocha 
  • Segundo Tesoureiro - Xênia Marque Lança de Queiroz Casséte 
  • Secretária - Renata Santos Kolle Gonçalves 
  • Segunda Secretária - Ana Cristina Vilela Taveira

CONSELHO FISCAL:

  • Eilton Jadson Santos Miranda -  
  • Marinho Nelci Soares Zimer, 
  • Vânia Lúcia Gomes Pereira do Nascimento


SUPLENTES:

  • Filogômino Gomes Júnior 
  • Marcus Fernandes Lopes
  •  

 

 
Escrito por Super User Categoria: Casa de Apoio
Publicado em 23 Agosto 2015 Acessos: 4774
Imprimir

Em 1991, o empresário Maurício Souza teve uma experiência que modificou sua vida: em um dia de grande movimento em seu restaurante, uma menina jogou uma pedra que atingiu uma cliente. A reação de Maurício foi apanhar a criança pelo braço e em um gesto brusco a soltou do outro lado da rua. No mesmo instante foi surpreendido pela crítica de uma senhora, que disse: “Não é assim que se faz!” A mulher não sabia o que havia acontecido, mas as palavras dela não deixaram o empresário em paz, Ele se pôs a olhar com mais carinho a situação dos meninos e meninas de rua, a orar e, não demorou muito, começou a agir. Iniciou dando comida a meninos com trajetória de rua na galeria onde funciona seu restaurante. Entretanto, foi criticado pelos lojistas que, trabalhando na mesma galeria, sentiam-se ameaçados. A esta altura, percebeu que devia fazer algo mais, não era hora de parar. Levando as suas idéias para a Primeira igreja Batista de Belo Horizonte e um grande número de pessoas interessou-se pela iniciativa e reunirão várias vezes, falaram das necessidades e dificuldades. Tempos depois tomaram a decisão de assistir os meninos e meninas de rua levando “sopa” para eles nas noites de sexta-feira. Com o passar do tempo foi então alugada uma casa não muito distante do restaurante mantida pelos empresários Maurício Rangel e Sergio Assumpção. Um tempo depois a Primeira Igreja Batista de Belo Horizonte assumiu o aluguel do local em que era fornecida alimentação e no mesmo local os meninos podiam tomar banho. Um voluntário, Vilmo Rodrigues dos Santos se colocou a disposição para cuidar da casa e dos meninos.

Posteriormente, viu-se a necessidade de que os meninos pudessem pernoitar no local e foi assim que tudo começou a tomar uma forma mais concreta. A partir de então, a casa começou a prestar atendimento integral aos meninos. Como algum tempo depois o local foi solicitado pelo proprietário, pois a casa onde estava funcionando para abrigar os meninos estava sendo vendida. Daí viu-se a necessidade de um local próprio para a continuidade do trabalho. Bárbara Akins, uma senhora norte-americana que residia no Brasil, foi até onde funcionava a Casa Abrigo para fazer uma reportagem. Soube do problema e sugeriu que o projeto fosse colocado no papel, a fim de ser encaminhado aos Estados Unidos na tentativa de que o grupo que sempre vem ao Brasil construir capelas pudesse assumir também o projeto. E assim aconteceu depois de fazer-se parceria com a prefeitura que entrou com a doação do terreno.

Desta forma surgiu a Casa de Apoio à Criança Carente de Contagem. Fundada em 20 de julho de 1994, a instituição é uma sociedade civil sem fins lucrativos e de caráter filantrópico que atua nas áreas de educação, saúde, desenvolvimento social e protagonismo juvenil. Atualmente, a instituição possui as seguintes unidades: Unidade Eldorado (Rua das Paineiras, 1448, bairro Eldorado), Centro Educacional e Profissionalizante de Nova Contagem (Rua VL 6, 1880, Nova Contagem) e Centro Educacional Ipê Amarelo (Rua Jequitibás, 65, Ipê Amarelo), Alho da Casa ( Rua Coqueiros,218 Ipê Amarelo), Pão da Casa ( Rua VL Seis, 1880 Nova Contagem) e Espaço Social Lacy Mesqita ( Rua dos Coqueiros, 218 Ipê Amarelo) , todas no município de Contagem. Os terrenos das unidades, Acolhimento e Nova Contagem foram doados pela Prefeitura do município e a do Ipê Amarelo foi recebida em doação. Todas as construções foram realizadas em parcerias com missionários, um grupo de norte-americanos, a sociedade civil e empresários.

 

 
Escrito por Super User Categoria: Casa de Apoio
Publicado em 23 Agosto 2015 Acessos: 2065
Imprimir



Conheça as Certificações da Casa de Apoio de Contagem

Títulos e Certificações

  • Utilidade Pública Municipal, lei 2853 de 14/05/1996 - Visualizar
  • Utilidade Pública Estadual, lei 23294 de 14/09/1999 - Visualizar
  • Utilidade Pública Federal, lei 1043 de 11/07/2003 - Visualizar
  • Conselho Municipal  de Assistência Social, registro 059/1999
  • Conselho de Direitos da Criança e Adolescente registro 44 -Visualizar
  • Conselho Municipal de Educação, registro 655
  • Conselho Nacional de Assistência Social, registro 44006.000848/2003-13, lei 8742 de 07/02/1993
  • Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social- SEDESE, registro 014.555, resolução 69 de 23/06/2004;
  • Cadastro Geral de Convenentes do Estado de Minas Gerais - CAGEC/MG 
  • Conselho Municipal do Idoso de Contagem- COMIC, registro 011 desde 14/04/2016 - Visualizar
  • Conselho Municipal de Segurança Alimentar Nutricional Sustentável - COMSAN, registro 20 de 19/09/2016; Visualizar
  • Certificado de Registro Cadastral - CRC, registro 584 desde 09/10/2007
  • Cadastro no Conselho Federal de Nutricionistas 9º Região, registro 3520/PJ desde 04/11/2013
  • Certidão de Regularidade Ambiental, registro 249/206 Processo Administrativo 15065/2013-03A; Visualizar
  • Conselho Nacional de Assistência Social CNAS, Resolução 69 de 23/06/204 publicado no DOU em 25/06/2004  - Visualizar
  • Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social - CEBAS, registro 71000.041905/2011-49, Portaria 43/2015 publicada no DOU em 01/04/2015 - Visualizar
  •  
 
 
Escrito por Super User Categoria: Casa de Apoio
Publicado em 23 Agosto 2015 Acessos: 4583
Imprimir

Preocupada com as condições precárias e com a exploração do trabalho de descasque do alho, a Casa de Apoio a Criança Carente de Contagem realizou em 2005 um diagnóstico social onde foi constatado que 67% das pessoas que trabalhavam com o descasque do alho realizavam tal atividade devido ao desemprego. No mesmo diagnóstico, 71% das pessoas afirmaram que as maiores desvantagens eram as doenças oriundas da atividade, a desorganização da casa e a não efetuação do pagamento do INSS. 


Diante destes resultados, foi construída durante o ano de 2006 e 2007 a Unidade Produtiva do Alho, como resultado de uma parceria entre o Programa de Desenvolvimento de Área-PDA e um empresário americano, que sensibilizado pela situação das mulheres descascadoras de alho, decidiu investir no projeto. No final de 2008 o prédio passou por uma reforma possibilitando a readequação do espaço físico segundo as normas da Vigilância Sanitária. E assim surgiu o Tempero da Casa, um produto com alta qualidade, para atender um mercado cada vez mais competitivo, e 100% destinado à obra social.

Qualidade e Tecnologia:

A Unidade Produtiva conta hoje, com vários equipamentos (recebidos através de doações) para o beneficiamento do alho, contando com um processo industrial moderno e sofisticado, além de competentes colaboradores, treinados a fazer com capricho e qualidade, o melhor para satisfazer os nossos clientes. O Tempero da Casa procura oferecer produtos de qualidade, com sabor e segurança alimentar, implementando as Boas Práticas de Fabricação, que organiza a fabricação de forma segura para que os fatores que influem sobre a qualidade dos produtos estejam sob controle. Hoje além do Alho in Natura, a Unidade Produtiva produz também pasta de alho, temperos e molho de alho, atingindo a produção de 1400kg de alho por mês. O processo de produção segue o seguinte padrão: o alho é recebido e armazenado em pallet´s, no setor de estoque.

Posteriormente ele passa pela debulhadora, que o deixará em grãos, sem causar machucaduras. Já em grãos, o alho sofre o processo de branqueamento, que evita a oxidação e aumenta a vida útil do produto, através do pasteurizador. Em seguida, é transportado para a máquina descascadora. O alho já descascado passa por uma rigorosa seleção, onde apenas os dentes de boa qualidade são utilizados, sendo os outros descartados. Depois de selecionados, são lavados e centrifugados. Dependendo do produto que se deseja obter, são encaminhados até o processador, onde são picados em tamanho graúdo ou médio, ou moídos em até dois tipos de pasta de alho. Para a produção da pasta, o alho moído é adicionado ao sal, e estes são misturados no misturador betoneira. Todos os produtos são pesados, empacotados e armazenados em temperatura adequada. Visando a preservar o meio ambiente, o resíduo da produção (as cascas do alho) é utilizado como adubo na horta comunitária localizada ao fundo da estrutura.

Galeria de Fotos:

 

 

Endereço Eldorado

Rua das Paineiras 1448, Eldorado
Contagem, Minas Gerais, Brasil
Cep: 32.310400
Fone: 31 3395-3524

Endereço Nova Contagem

Rua Vl 06, 1880, Nova Contagem
Contagem, Minas Gerais, Brasil
Cep: 32.304-000
Fone: 31 3392-9199

Endereço Ipê Amarelo

Rua dos Jequitibas, 65, Ipê Amarelo
Contagem, Minas Gerais, Brasil
Cep: 32.044-240
Fone: 31 3392-8211

Endereço Alho da Casa

Rua dos Coqueiros, 218, Ipê Amarelo
Contagem, Minas Gerais, Brasil
Cep: 32.051-078
Fone: 31 3356-9553